Bolinho: o cupcake mais fofo do mundo

sábado, novembro 21, 2015

    Você provavemente nunca vai conhecer um cupcake tão simpático quanto esse. "Bolinho" é um personagem fictício criado por uma artista plástica chamada Maria Raquel Couto Ramiro, que é de Itabira (YAY! Nossa cidade <3), Minas Gerais. Essa fofura nasceu em 2009, em Belo Horizonte, e logo se espalhou pelas ruas de lá.  
    O Bolinho é um grafite e é capaz de se "fantasiar" de diversos personagens, como: cientista, homem aranha, cozinheiro, mexicano... Ele nasceu em BH, mas também pode ser visto aqui em Itabira.

Bolinho "Capetinha" no bairro Pará, em Itabira.

Bolinho "Anjinho" no bairro Pará, em Itabira.
    A intenção da artista é colorir a cidade e divertir as pessoas. E olha, é difícil não se encantar. Bolinho já é uma marca e em 2013 até virou coleção de roupa! Maria Raquel costuma grafitar pelos lugares por onde passa no dia a dia. O personagem dá um ar alegre aos muros e construções abandonados (ou sem cuidados) no quais é desenhado. É claro que, as vezes, também surgem complicações: pessoas ou policiais que passam na rua e a repreendem, achando que ela está fazendo pixações; cartazes que são colados por cima e o desbotamento com o tempo. 







    Ele já conquistou inúmeras pessoas (até fora do mundo) e se você ainda não conhecia o trabalho dessa itabirana linda, convido você a visitar as páginas na internet ou quem sabe encontrar o Sr. Bolinho pessoalmente. No site (logo abaixo) tem um mapa com a localização de quase todos os bolinhos. 
    Espero que tenham gostado dessa dica, vale muito a pena conhecer! Deixem suas opiniões nos comentários e até a próxima! <3

Encontre o Bolinho:

Fotos: Reprodução/Facebook

Leia também

2 comentários

  1. Tem até bolinho do Hora de Aventura, que genial <3 A M E I a ideia, super criativo e simples!

    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha tem todos os personagens que vc imaginar! Beijos

      Excluir

Siga-nos no Facebook


Informações

Bazar de Fotos © 2015
Escrito por Amarílis, Emanuela e Gabriel

Todas as imagens (exceto as com marca d'agua Gabriel Kozyrski) são retiradas da internet. Caso alguma seja de sua autoria, nos avise!